16 de outubro de 2010

Lembrando-me de Quem Eu Sou

Elas ficam guardadas no meu armário, debaixo de minhas camisas.

Quando a saudade aperta, recorro a elas. Quando me sinto triste, recorro a elas.

Elas são o lembrete de quem eu verdadeiramente sou.

Estou falando das cartinhas e bilhetinhos que meu Bebê escreve para mim. Papéis cor-de-rosa, páginas de agendas, cartas longas e curtas, fotos e mais uma infinidade de folhas que contêm uma grande verdade:

HELEN ME AMA!

As cartinhas são o lembrete do quanto sou amado. Perdi a conta das noites em que acordei, abri meu armário e fui até aquela "Arca do Tesouro" para chorar, desabafar com o Senhor, mas, acima de tudo, sorrir.

Sorrir porque sou amado!

Aprendi com as cartinhas de Helen, o que Deus pensava quando nos deixou a Bíblia.

Por que Ele nos deixou um livro? E, aliás, qual é o propósito desse livro?

Queridos, Deus não quis nos deixar um frio "Manual de Instruções". Ele quis nos deixar um poderoso "Tratado de Amor"!

Ele queria que em meio a toda e qualquer dor, nós abríssemos a Arca do Tesouro e nos lembrássemos do quanto somos amados!

SENTINDO-SE SÓ? RECORRA AOS SEUS "LEMBRETES"!

Um comentário:

  1. Que fofo!!

    Que Deus conserve o amor de vocês assim!!!

    Te sigo.

    ResponderExcluir