29 de abril de 2011

Tirados do Fogo


"Depois disso ele me mostrou o sumo sacerdote Josué diante do anjo do Senhor, e Satanás, à sua direita, para acusá-lo.
O anjo do Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, Satanás! O Senhor que escolheu Jerusalém o repreenda! Não é este homem um tição tirado do fogo?"
Zacarias 3:1,2

A cena é tão forte que se torna difícil de se explicar.

Um sumo sacerdote chamado Josué está no meio do Tribunal.

À sua direita, está o maior de todos os acusadores

Satanás traz nas mãos uma lista, ajeita os óculos e inicia a leitura dos erros e delitos de Josué.

O pobre do Josué abaixa a cabeça a cada palavra lida. A leitura, porém, é interrompida.

Josué, ainda abatido, olha para a sua esquerda e descobre que há mais Alguém no tribunal.

- Cale a boca, Satanás! - Diz o Anjo do Senhor. - Que o Senhor te repreenda! Ele escolheu Jerusalém! Josué um tição tirado do fogo!

Sem precisar ouvir a réplica do inimigo, o Anjo toma Josué nos braços, purifica-o e ele sai inocentado do tribunal, deixando Satanás e suas algemas com caras de tacho.

Tição tirado do fogo. Não parece uma bom apelido para um sumo sacerdote, não é?

Segundo o dicionário, tição é um "pedaço de madeira quase queimado". É como se o Anjo dissesse:

- Josué, você estava quase "no ponto", mas Deus te tirou da fogueira!"



E a boa notícia do Post de hoje é que nós também fomos tirados de lá.

Sim, estávamos na fogueira. No fogo do pecado, da descrença, dos vícios, das práticas imundas...

E, espero que isso não te apavore, o Promotor Satanás já havia preparado a sala de julgamento com todos os seus pecados escritos em uma lista.

Seu nome estava na lista negra. Havia um par de algemas reservado para você.

Até que Ele apareceu.

Gosto da atitude do Anjo, cheio de "marra" e 100% confiante, dizendo:

- Que o Senhor te repreenda! Você é Promotor, mas Deus é juiz e inocentou ______! (Complete a lacuna com o seu nome)

O Diabo, vendo aproximar-se mais uma derrota, ainda tenta responder, mas o Anjo te carrega e finaliza:

- _______ é um tição tirado do fogo! Você perdeu!

Que verdades valiosas para se iniciar bem o dia de hoje:

"Meu nome é Arthur, e fui tirado do fogo!"

"Eu era réu, mas o Juiz me inocentou, sem que eu precisasse falar nada!"

"O Acusador ficou no vácuo! Fui arrancado de lá!"

Esse é você, esses somos nós.

Tições, feitos para queimar, atraídos pelo fogo, sujos, chamuscados... Porém, salvos!

Gritávamos de agonia, em meio à uma fogueira, quando nosso Super-Herói nos resgatou.

Não é emocionante saber que Deus poderia nos deixar queimar?

Não é tocante saber que Ele nos tirou de lá simplesmente porque quis?

Não houve merecimento, o tição estava quase queimando... até que Ele chegou!

Aliás, como Deus gosta da palavra "quase"!

"Arthur quase perdeu as esperanças, mas eu lhe dei Helen!"

"O enfermo quase perdeu a fé, mas eu lhe trouxe cura!"

"Os tições estavam quase queimando, mas eu os fiz meus filhos!"

Tem tido poucos motivos para sorrir ultimamente?  Lembre-se da "fogueira" da qual Deus te tirou!

Alegre-se com sua Salvação!

Hey, ________, você tinha tudo para perder, mas seu Pai te fez mais do que vencedor!

Solteiro ou "Soliteiro"? - Introdução

Após um mês de abril abençoadíssimo com as Séries Mais 5 Inimigos do Namoro, "Os 5 Amigos do Namoro" e "O Casamento", começaremos maio com:


Solteiro ou "Soliteiro", quem eu tenho sido?


Ser solteiro é normal e está sob o controle do Senhor. Ser Soliteiro, porém, não é nada bom.

Bem, aos que estão boiando sobre o significado de "soliteiro", eis a definição da palavra:

Soliteiro = Solteiro + Solitário

O soliteiro é alguém que se sente sozinho, não entende porque Deus não lhe dá um namorado(a) logo e se pergunta:

"Onde está Jesus nessa minha solteirice?"

É justamente a essa pergunta que responderemos!

Vamos, juntos, conversar sobre o porquê de você ainda não estar namorando. O Blogueiro tem muita base nesse assunto, pois foi soliteiro dos 14 aos 18 anos!



Para iniciar, deixo essa questão para você refletir:

Você, ainda sem sua Metade, tem sido solteiro ou soliteiro?

COMENTEM!

Entregadores de Milagres

"E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.
E, vendo ele a fé deles, disse-lhe: Homem, os teus pecados te são perdoados."

Lucas 5:19,20

Os quatro amigos se reuniram na sala a fim de tomarem uma decisão radical. Algo precisava ser feito pelo quinto elemento do grupo.

Possivelmente os quatro sofriam por ver o amigo paralítico se definhar dia a dia. Não, eles não assistiriam aquela cena sem fazer nada.

Posso imaginá-los, decididos, indo até a casa do paralítico e decretando:

- Vista uma roupa, viemos levá-lo até Jesus e não aceitamos "não" como resposta.

O quinto amigo, resignado, aceita se arrastar até um lençol. Cada um dos quatro segura em uma ponta e iniciam a caminhada até Jesus.

Quatro corações batendo forte, ansiosos pela cura do amigo. Quatro corações focados em um único objetivo: Presenciar um milagre.

Ao chegarem à casa onde Jesus estava, porém, sentiram seu estômago se revirar. Havia tanta gente que nem uma mosca conseguiria bater as asas ali. Era impossível entrar pela porta.

- Vamos embora. - Diz o paralítico, acostumado a fracassos. - Agradeço a vocês pela intenção, mas não foi dessa vez...

Os quatro não estavam ouvindo. Seus olhares se encontram, como se seus pensamentos estivessem sendo transmitidos por telepatia. Os quatro olham para cima.

Não se sabe como, eles conseguem escalar o telhado da casa, carregando um homem adulto em um lençol.

- Portanto... - Dizia Jesus, antes de ouvir as telhas sendo quebradas e ver um lençol descer do teto.

Um a um, os quatro descem do telhado e tornam-se o centro das atenções. Creio que esta foi a mais estranha interrupção de uma palestra da história.

Os quatro se entreolham e um deles toma fôlego para explicar o caso, mas Jesus nem olha para eles, dirigindo-se diretamente ao paralítico.

- Homem, seus pecados estão perdoados. - Diz o Mestre.

O paralítico continua no lençol, ainda atônito. Murmúrios podem ser ouvidos pela sala e Jesus torna a falar:

- Estão duvidando de que posso perdoar pecados? Talvez não creiam em palavras, mas creiam em ação. Homem, levanta-te e anda!

O paralítico se levanta, toma o lençol que estava sendo sua cama, e vai embora pulando e glorificando a Deus.

Fim.



É assim que Lucas nos apresenta esta história, que à primeira vista parece injusta.

Será que aqueles quatro amigos não mereciam um tratamento melhor?

Será que Jesus não poderia ter dito "Parabéns pela iniciativa e pela perseverança em ajudar, pessoal!"?

Será que o ex-paralítico, antes de ir embora saltitando, não poderia ter abraçado os quatro amigos e expressar gratidão?

No entanto, ao que tudo indica, os quatro passam despercebidos aos olhos de todos e voltam para casa.

Nós gostaríamos que fossem aplaudidos, mas eles receberam apenas silêncio. Achávamos que deveriam ter sido honrados, mas saíram pela tangente sem sequer terem seus nomes citados ou receberem uma oração.

Posso apostar, porém, que foram embora sorrindo. Sua missão fora cumprida, haviam entregue um milagre!

Será que estamos prontos para sermos como os quatro?

Agir, nos esforçarmos, ultrapassarmos limites e recebermos como "prêmio" um milagre para o outro?

Será que estamos prontos para nos diminuirmos em prol da "paralisia" de alguém que nos cerca?

Entregadores de Milagres. Eis a profissão que Deus tem em mente para você!

Ela não rende reconhecimento, bênçãos, aplausos ou fama. A remuneração dos entregadores de milagres é a satisfação.

Posso fazer algumas "Perguntas do Arthur" que te façam refletir?

Quantos "paralíticos" estão à sua espera?

Quantas coisas você já fez sem pensar em receber nada em troca?

Quantos "telhados" você já escalou por alguém?

Quantos "lençóis pesados" você já carregou por alguém?

Entregadores de milagres.

Passam despercebidos, muitas vezes até por quem foi benefeciado através deles.

Eles tinham o direito de gritar: "Ei, foi graças a nós que você está dançando agora, seu ingrato!", mas ao invés disso, sorriram ao ver o paralítico indo embora para casa.

Eles poderiam ter gritado para os fariseus presentes na reunião: "Sejam como nós! Ajam mais e falem menos!", mas ao invés disso, saíram sorrateiramente pela porta dos fundos.

Entregadores de milagres não são notados, queridos ou aplaudidos. Seu único propósito é cumprir sua missão.

"Mas, e quanto a Jesus?", perguntamos, indignados. "Nem mesmo o Mestre reconheceu o esforço deles?!"

Releia o versículo 20 e conheça a letra S mais importante de toda a Bíblia:

"e vendo Ele a fé deleS..."

Ahá! Jesus não olhou para o paralítico, mas para a fé dos quatro!

Entregadores de milagres nunca passam despercebidos por Jesus.

"Mas então, por quê Jesus não falou nada com eles?", perguntamos, ainda sem entender.

Aprenda algo sobre o caráter do seu Pai:

"Deus prefere sorrir por dentro hoje, para te fazer sorrir amanhã!"

Jesus guardou os elogios que poderia ter feito na hora, para abençoá-los tempos depois.

Jesus não falou, aplaudiu ou honrou, mas os viu.

Ele está vendo você!

Você tem se perguntado porque Deus anda tão quieto?

"Oro, jejuo, trabalho na Obra, por que Deus não me responde?"

Acorde, entregador de milagres! Ele não está falando, mas está vendo!

Ele parece sério, mas está sorrindo por dentro.

E no tempo certo você verá o resultado!

Enquanto isso, abençoe vidas. Trabalhe em prol dos "paralíticos" que Ele puser em seu caminho!

O silêncio de Jesus não significa nada. Nós gostamos de falar, mas Ele prefere agir.

A letra S prova que os quatro não passaram despercebidos pelo Pai.

Esta mesma letra S seguirá você, caso você se disponha a viver uma vida de serviço.

Sua vida anda difícil? Facilite a dos outros!

Você anda triste? Alegre alguém!

Faça isso e Deus... talvez continuará em silêncio, mas guardará uma letra S para você!

Você não necessita do olhar de ninguém! Ele está vendo você!

Este Post grandão pode mudar a sua vida. Por favor, leve isso a sério.

Comprometa-se em entregar milagres!

O casamento dos seus pais pode ser salvo!
Seu namoro pode ser salvo!
Almas podem ser salvas!

Deus só precisa de mais pessoas como "Os Quatro".

Posso imaginá-los chegando em casa, deitando-se em suas camas, satisfeitos com a noite, sem saber o Mestre havia anotado o nome deles.

Entregadores de Milagres são os primeiros a receber milagres!

Mude de atitude!

Pare de pedir a Deus que Ele fale, faça ou cumpra! Ele está esperando por você!

"Deus fará tudo por nós ao nos ver fazendo algo por Ele"

Entregue o milagre do amor à sua Metade. Seja mais gentil e compreensivo(a)!
Entregue o milagre da pregação aos seus conhecidos.
Entregue o milagre do perdão aos seus antigos desafetos.

Entregue-se a si mesmo, sem esperar receber nada em troca!

Aguarde pela sua letra S, Entregador de Milagres! Você está na mira do Céu! O Mestre não disse nada, mas está te vendo!

Cantinho com Deus

A frase que Cristo mais deseja ouvir de nós é "Eu me Rendo!"


Enquanto não pararmos de nos debater, Ele não poderá nos sarar.

28 de abril de 2011

A Tal Maneira

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
João 3:16

Este é um dos versículos mais conhecidos de toda a Bíblia. A síntese do Amor de Deus por nós.

"Deus amou o mundo de tal maneira..."

Que Amor é esse?!

Um Amor que oferece a vida do Filho santo para salvar filhos pecadores.

Um Amor que decide se doar, sem nada receber em troca.

Caso você nunca tenha entendido inteiramente o sacrifício de Jesus por nós, vou tentar resumi-lo:

Deus é Justo por natureza, por isso não poderia deixar nossos pecados passarem batidos. Precisávamos sofrer as consequências. Deus, porém, também é Amor por natureza, por isso solucionou o dilema: Castigou a si mesmo por nós. Cumpriu-se a Justiça num ato de Amor.

Eis a "tal maneira" do Amor de Deus...



Posso fazer uma pergunta indiscreta?

Qual tem sido a sua "tal maneira"?

E se essa frase tivesse você como protagonista?

"Porque _______ amou o mundo de tal maneira que ________"

Quais têm sido suas atitudes de amor perante os que o cercam?

E, fechando ainda mais o cerco, qual tem sido sua "tal maneira" perante sua Metade?

"Porque Arthur amou Helen de tal maneira que a julgava o tempo inteiro por qualquer errinho..."

"Porque Fulano amou Sicrana de tal maneira que não tinha paciência nenhuma com..."

A "tal maneira" é a alma do seu namoro ou casamento!

Gostaria que refletíssimos hoje sobre qual tem sido a "qualidade" do nosso amor.

Todas as crises que você tem enfrentado em seu relacionamento podem estar ligadas à "tal maneira" de amar.

Ame como Jesus te amou!

Se você não foi julgado, como pode julgar alguém?
Se você foi acolhido, como pode desprezar alguém?
Se você não foi condenado, como pode condenar alguém?

Muitas vezes nos esquecemos de quem somos (pecadores irremediáveis) e de onde viemos (do poço sem fundo do pecado) e começamos a distribuir uma "tal maneira" baseada em nós, ao invés da "tal maneira" que Deus nos ensinou.

Mude hoje sua "tal maneira"!

Sua Metade foi amada assim por Deus e merece ser amada assim por você!


Arthur e Helen Indicam
  • Avalie sua "tal maneira". Você poderia amar "melhor" sua Metade?
  • Ore, pedindo a Deus que você sempre se lembre do Amor que recebeu d'Ele para que possa transmiti-lo aos outros.
  • Se você tem falhado, peça perdão humildemente à sua Metade e incentive-a a mudar a "tal maneira" dela(e) também!

Um Post Incomum

"Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso?"
Isaías 66:1

Estou oferecendo um prêmio de um milhão de reais.

Para faturar a bolada, é simples: Guarde dois elefantes na geladeira da sua cozinha.

Achou o desafio uma piadinha sem-graça?

Pensei que você aceitaria, já que tem tentado guardar coisas muito maiores do que elefantes em lugares muito menores do que sua geladeira.

Você (e o Blogueiro) tem tentado guardar Deus dentro da imagem pré-concebida que você criou d'Ele.

Você (e o Blogueiro) tem tentado entender coisas além do seu entendimento.

Você (e o Blogueiro) tem feito perguntas as quais não cabem a você saber as respostas.

Você (e o Blogueiro) tem perdido tempo tentando guardar o Poder de Deus num cofrinho onde só você tem a chave.

Talvez nós estejamos infelizes porque estamos gastando nossas forças, tempo e emoções tentando guardar "elefantes em geladeiras".

No versículo destacado no início do Post, Deus nos faz duas perguntas:

"Que casa vocês poderiam construir para mim? Onde eu poderia descansar?"

Sabe, sei que você abre Nosso Blog procurando uma reflexão bíblica ou um Post sobre namoro, mas este é um Post incomum, onde conversaremos sobre uma pergunta incomum:

"Você tem tentado limitar o Poder de Deus?"

Muitas vezes, tentamos construir "casas" para o Senhor.

A "casa" da rotina - "Deus só fala comigo no culto, através da palavra do Pastor."
A "casa" da acomodação - "Preciso que pessoas mais espirituais do que eu orem por mim hoje"
A "casa" do preconceito - "Respeito as demais, mas sei que a minha igreja é a melhor!"
A "casa" em cima do muro - "Sou cristão, mas sou contra o fanatismo religioso!"

Ah, nossas casas! Casas contruídas por pedreiros amadores que pensam ter construído mansões!

Deus olha para nós, como um Pai vê um bebê se sujando todo enquanto come.

- Filho(a), eu te amo, mas você está fazendo tudo errado! - Diz nosso Pai, nos olhando com compaixão.



Sabe porque chamei este Post de "incomum"? Porque ele me levou a profundas reflexões acerca de toda a minha vida, desde esse Blog até a minha alma.

Enquanto escrevo, estou orando, pois não quero guardar elefantes em geladeiras!

Não quero guardar um Deus Imensurável na minha cabecinha tão pequena.

Não quero ter um relacionamento previsível com o Pai.

Não quero ser um bom "escritor-amador" e ser um péssimo Arthur dentro da minha casa.

Não quero, não quero e não quero!

Deus é tão maior do que eu e você!

Hoje, meu apelo é:

Sejamos como Abraão, que olhou para as estrelas quando era doloroso demais olhar para as incertezas que o cercavam.

Sejamos como Noé, que creu inteiramente numa Palavra e construiu um barco gigante no quintal de casa.

Sejamos como Moisés, que marchou diante do mar e viu ele se abrir.

Sejamos como Davi, que encarou o gigante com o que tinha nas mãos, crendo que a guerra era do Senhor.

Esses homens, e muitos outros, não tentaram guardar a Deus. Pelo contrário, eles deram liberdade ao Senhor!

Imagine a humanidade como pacotes de biscoito.

Alguns estão fechados, indisponíveis para Deus.

Outros estão abertos, mas permaneceram tanto tempo parados, que amoleceram.

Mas existem pacotes abertos, que estão prontos para serem devorados pelo Espírito Santo a qualquer instante!

O que Deus vê quando olha para você? O que você vê quando olha para Ele?

Deus quer que sejamos entregadores de milagres, mensageiros da Palavra, adoradores, enfim, loucos!

Por favor, retire Deus da "geladeira" montada na sua mente!

Deixe que Ele controle você, ao invés de você tentar controlá-lo.

Você nunca poderá contruir uma casa para Ele, mas Ele quer ser a sua Habitação!

Deus é tão gentil, que não impede que o tentemos controlar. Quando você O libertar, porém, encontrará a verdadeira vida para a qual você foi feito!

Libertem o Senhor!

"Pus Deus numa gaiola e apenas pude ouvir seu canto. Abri a portinhola e pude voar nas suas asas"


Arthur e Helen Indicam
  • Que você entregue a direção da sua vida a Ele e se contente em sentar-se no banco do carona. Não precisa pôr cinto de segurança, pois o motorista é 100% confiável e seu carro é à prova de acidentes!

27 de abril de 2011

Ainda que Ninguém...

"E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama."
Marcos 10:49

Bartimeu estava acostumado a ficar de fora.

Afinal, o que um mendigo cego poderia esperar da vida?

Se tivesse sorte, conseguiria moedas suficientes para um prato de comida aquele dia.

E foi assim que naquela manhã aparentemente normal, ele se sentou à beira da calçada e se colocou "a postos".

"A postos" para Bartimeu significava ficar com a cabeça encostada na parede e a mão estendida para receber as esmolas.

Mãos invisíveis começaram a depositar moedas em sua mão. As horas passavam e Bartimeu continuava ali.

Para onde mais iria? Não tinha ninguém para conversar, as pessoas nem sabiam seu nome.

Chamavam-no de "cego", "mendigo", "você aí"... Ninguém, ou praticamente ninguém, sabia que se chamava Bartimeu.

De repente, inicia-se um alvoroço. Bartimeu apura os ouvidos e percebe que uma grande multidão está a caminho. Ele se ajeita e levanta a mão mais alguns centímetros.

Quanto mais gente, maior a possibilidade de se ganhar esmolas.

- É Jesus de Nazaré! - Ele escuta alguém dizer.

- O mesmo que curou e fez maravilhas em Cafarnaum! - Outra pessoa diz.

Bartimeu sente o coração disparar. Jesus, ele já ouvira falar daquele homem. Ele já curara mudos, endemoninhados, paralíticos e... Cegos.

Aquela era a sua chance. Podia ouvir a multidão passando.

Mas... O que Bartimeu poderia fazer para chamar a atenção do Mestre?

Gritar.

- Jesus, tenha misericórdia de mim! Jesus, tenha misericórdia de mim! - O cego começa a gritar em alta voz.

Um homem ao seu lado ri da sua iniciativa.

- Cale a boca, cego! Ele não vai te ouvir, tem muita gente ao redor dele!

Bartimeu, porém, gritava cada vez mais alto.

- Cale a boca, cego! - Ele ouvia, enquanto ouvia a própria voz a gritar.

Subitamente, um quase-silêncio faz-se em meio à multidão.

- Jesus parou de andar. - Diz um homem ao seu lado.

- Por quê será? - Questiona o outro.

Jesus diz alguma coisa, que Bartimeu não consegue escutar. Segundos depois, sente uma pessoa puxar-lhe pelo braço.

- Anime-se, Ele mandou te chamar.

Bartimeu deixa sua capa na calçada e vai ter com o Mestre.

- O que queres que eu te faça? - Pergunta-lhe Jesus.

Bartimeu arrepia-se com a pergunta. Nunca haviam lhe perguntado isso. Aliás, nunca haviam lhe perguntado nada, apenas lhe davam moedas.

Como era bom ser ouvido!

- Mestre, eu quero enxergar. - Ele pede, sentindo as mãos tremerem.

- Vai, a tua fé te salvou. - Lhe diz a voz doce, que agora tornara-se um rosto doce.

O sol pela primeira vez queimava a vista de Bartimeu. Ele não era mais cego.




Taí uma das histórias mais tocantes da Bíblia.

A história do excluído que Jesus incluiu.

A história do ignorado que Jesus ouviu.

A história do cego que Jesus fez enxergar.

Deus me disse que alguns "Bartimeus" leriam este Post.

Sei que você não é cego, nem mendigo, mas talvez as frustrações de Bartimeu também estejam presentes em sua alma.

Você tem sido excluído.

Excluído dos grupinhos da escola, desprezado pela pessoa amada, indesejado pelos "populares" de sua igreja.

Você tem sido excluído do "Time dos Vencedores" que canta vitória por aí? Pois então Jesus tem um recado para você:

"Eu incluo os excluídos!", lhe diz o Mestre. No time de Cristo, você é prioridade.

Ninguém tem ouvido você.

Você tem se sentado na "calçada" da vida, ignorado pelos amigos e pelos familiares. Ninguém parece te entender nos últimos dias e um abismo invisível te separa das pessoas.

Aliás, as pessoas estão ocupadas demais para parar e te ouvir.

Jesus tem um recado para você também:

"Eu ouço os ignorados!"

O Criador do Universo para para te ouvir. O Deus Todo-Poderoso manda a multidão se calar para ouvir você e perguntar o que você quer!

Você tem um sonho.

Bartimeu sonhava em enxergar e teve seu sonho realizado. Leve seus sonhos a Deus e Ele os realizará!

Espero que o Post de hoje tenha penetrado a sua alma.

Ainda que ninguém te veja, Ele te vê.
Ainda que ninguém te queira, Ele te quer.
Ainda que ninguém te escute, Ele te escuta.
Ainda que ninguém se importe, Ele se importa.

Para o mundo, você é "alguém". Para Ele, você é "filho(a)".

Fale com o Mestre. Grite como Bartimeu gritou! Não ligue para a multidão!

Se Ele ouvir sua voz, suas esmolas serão substituídas por milagres!

As calçadas mais tenebrosas da vida podem ser penetradas pelo Seu Olhar.
Bartimeu não tinha ninguém, mas tinha a Cristo. Era tudo que ele precisava!


Arthur e Helen Indicam
  • Que você GRITE pelo Senhor e que não deixe NADA te impedir de clamar!

Cantinho com Deus

"O ministério sem o Espírito Santo não passa do melhor esforço humano. O ministério com o Espírito Santo é onde os milagres verdadeiramente acontecem."


Bruce Wilkinson


Os 5 Amigos do Namoro - Parte 5

Amigo n° 5 - A Dependência de Deus

"... e rocha nenhuma há como o nosso Deus."
1Samuel 2:2

Imagine-se no meio de um mar agitado, à procura de uma ilha para aportar seu barco.

Imagine-se no meio de um terremoto, à procura de um abrigo para se proteger.

Imagine-se agora numa calçada, beijando seu namorado.

Se eu perguntasse "Qual destas 3 frases não combina com as outras duas?", você certamente apontaria a terceira.

O Blogueiro estava lá, todo dramático, falando sobre ilhas e terremotos, e do nada partiu para beijos.

Isso não tem nada a ver!



Ou tem?

Esta pequena brincadeira demonstra a dificuldade que temos de incluir Deus em todos os tipos de situações.

É fácil imaginar Deus nos socorrendo numa ilha e nos protegendo num terremoto, mas é difícil imaginar Deus ao nosso lado enquanto nos beijamos.

Talvez seu namoro ou casamento esteja cheio de problemas por um motivo simples: Você pensa que Deus "não tem nada a ver com isso".

Ora, Deus não está ocupado demais, solucionando guerras e matando a fome de pessoas na África?

A resposta é não. Ele ainda tem tempo para você.

O Post de hoje é um apelo: Não namorem sozinhos!

Assim como você se agarraria a uma ilha em meio à uma tempestade, agarre-se a Deus, para que Ele governe seu namoro!

Você pode levar a Ele cada detalhe que te preocupa.

Muitas pessoas sofrem e questionam a Deus: "Por que o Senhor permitiu?"

"Porque você não me deixou entrar.", responde o Senhor, ainda que poucos os ouçam.

Deus nunca "segurará vela" no seu relacionamento. Ele só entrará se você o convidar.

Convide-o!

Dependa de Deus não apenas nas horas trágicas, mas também nos bons momentos.

Não deixe-o no banco de reservas assistindo ao jogo. Ele quer entrar em campo e marcar um gol para você!


Arthur e Helen Indicam
  • Entregue hoje em oração tudo aquilo que tem te preocupado em relação ao seu namoro. Seja específico e íntimo com Deus, Ele conhece cada detalhe da sua vida.
  • Exercite sua dependência de Deus a cada dia. Por exemplo, você e sua Metade podem orar juntos cada vez que se encontrarem.
  • Deixe que Deus participe de cada decisão do seu cotidiano. Ele quer entrar em campo!

26 de abril de 2011

Abrigo Seguro

"... e converterão as suas espadas em enxadas e as suas lanças em foices ..."

Miquéias 4:3

Hugo adorava brincar no quintal de casa. O quintal era bem grande e cheio de árvores, pois a família de Hugo morava numa chácara, e servia como cenário de grandes aventuras.

Hugo brincava de se imaginar um explorador, caçador de tesouros, índio selvagem, guarda florestal. Brincar no quintal era uma verdadeira festa!

Até que aquilo apareceu...

Uma colméia de abelhas no meio do quintal!

As abelhas pairavam no ar como uma grande ameaça e Hugo não conseguia se concentrar nas brincadeiras, com medo de levar uma "picada mortal".

Durante dois dias não saiu ao quintal, planejando o que faria para combater as "inimigas".

Após pensar, pensar e pensar mais um pouquinho, Hugo teve a ideia "genial"!

No dia seguinte, pegou uma grande vara de madeira, usada para tombar frutas das árvores e foi em direção à colméia.

O plano era simples: Derrubaria a colméia e as abelhas não teriam onde morar!

Hugo estava sorridente. Postou-se abaixo da colméia, levantou a vara, preparou o golpe e...

- Hugo, o que você está fazendo?! - A voz do pai o interrompeu.

Hugo tornou a pôr a vara no chão e respondeu com a naturalidade de uma criança:

- Me livrando dessas abelhas enjoadas, papai. Com elas aqui, eu não posso brincar em paz.

O pai conteve o riso e se ajoelhou, para ficar à altura do filho.

- Filho, sua ideia foi muito ingênua! Se você acertasse a colméia com esta vara, todas as abelhas voariam em disparada e provavelmente muitas picariam você!

Hugo abaixou a cabeça e começou a choramingar.

- Mas, e agora? Como vou poder brincar no quintal?

O pai o abraçou, enxugando-lhe as lágrimas.

- Eu já tive uma ideia melhor que a sua! Mas vou precisar da sua ajuda, você topa?

Hugo topou imediatamente e seguiu as instruções do pai, que o mandou catar restos de madeira pelo quintal e pegar a caixa de ferramentas na garagem. Quanto toda a madeira e as ferramentas estavam reunidas, Hugo ainda não havia entendido o que o pai faria.

- Pronto, a partir daqui é por minha conta! Pode entrar em casa, filho. Você terá uma surpresa!

Após algumas horas, Hugo ouviu o pai gritando pelo seu nome e ao chegar ao quintal seu queixo caiu.

O pai estava sorrindo, à frente de uma casinha de madeira, com porta, janelas e tudo o mais.

- Está vendo só, filho? Problema resolvido! Construí um abrigo para você, é só fechar a porta e as abelhas não vão entrar!

Hugo admirava a casinha, mas ainda tinha uma dúvida.

- Mas, pai, eu gostava de brincar de explorador, caçador de tesouros, índio selvagem, guarda florestal...

O pai convidou-o a entrar na casinha e respondeu, sorrindo:

- Pois então, o lugar é perfeito! Aqui será o lugar onde o explorador guarda as ferramentas, o baú do tesouro, a oca do índio e a guarita do guarda florestal!

Hugo abriu um grande sorriso e juntos brincaram a tarde inteira, enquanto avistavam a colméia de longe...



Historinha simpática, não?

Foi mais ou menos isso que Deus quis dizer ao povo de Israel, através de Miquéias:

"Transformem suas espadas em enxadas e suas lanças em foices!", disse o Senhor.

Traduzindo:

"Trabalhem para solucionar seus problemas, ao invés de gastarem forças inúteis lutando contra eles!"

Foi o que Hugo e seu pai fizeram.

Assim como Hugo, você tem um "quintal". Um lugar de sonhos.

O quintal do seu futuro casamento, sua futura profissão, seu futuro ministério...

Assim como no quintal de Hugo, "abelhas" aparecem para atrapalhar.

As abelhas das Dúvidas, problemas, obstáculos, pessoas contrárias...

E, como o ingênuo Hugo, você pega uma "vara" e tenta resolver por conta própria.

A vara da precipitação, da ira, do rancor, da rebelião...

Mas, assim como o pai de Hugo, seu Pai Celestial quer arrancar esta vara das suas mãos e lhe mostrar a solução correta.

Deus quer construir para você um "abrigo seguro" em meio às abelhas. E esse abrigo é a Sua Presença.

Lá, neste abrigo, todos os seus sonhos se tornarão realidade.

Não se engane, as abelhas continuarão do lado de fora, pois elas não podem sumir!

Tenha, porém, uma certeza: No Abrigo construído pelo seu Pai, só vocês dois poderão entrar!

Lá, juntos, vocês "brincarão" para o resto da vida...

Para isso, faça como Hugo! Faça o que Deus pediu ao povo de Israel:

Aposente sua espada (sua vara) e transforme-a numa enxada (vá buscar as coisas que Ele pediu).

Enquanto você lutar por suas próprias forças, você nunca conseguirá. Construir o Abrigo está além da sua capacidade...

Faça a sua parte e Ele fará a d'Ele.

Juntos, vocês alcançarão o impossível e estarão a salvo!


Arthur e Helen Indicam
  • Avalie quais têm sido suas "varas", sua própria maneira de lutar pelos seus sonhos e abandone-as.
  • Peça a Deus que construa abrigos nos seus "quintais" e entregue-se a Ele.
  • Aprenda a lidar com paciência e fé ante as "abelhas" que aparecerem no seu caminho.

Os 5 Amigos do Namoro - Parte 4

Amigo n° 4 - A Santidade

"Sede santos, porque eu sou santo."
1Pedro 1:16

Santidade no namoro é um assunto um pouco "desgastado". Muitos já escreveram sobre, todos já leram sobre...

Deus, portanto, hoje preferiu nos explicar o tema sob um ângulo um pouco diferente.

É importante, para início de conversa, sabermos que ser santo não é ser perfeito. Todos nós, que aceitamos a Cristo como Salvador, já somos feitos por Ele santos.

Ser santo, no significado literal da palavra, é ser separado.

Jesus nos separou ao nos adotar como filhos!

Portanto ter um namoro santo não é ter um namoro perfeito, pois isso seria impossível!

Ter um namoro santo é "namorar visando a felicidade do outro e priorizando a felicidade de Deus". Num namoro santo, sua própria vontade deve vir em último lugar.



Pois bem, explicado isso, começamos o Post de hoje. Queria lançar a seguinte reflexão:

"Por quê devemos ser santos?"

Deus tem falado muito comigo que apenas "fazer a coisa certa" não adianta! O Senhor quer ver em nós as motivações corretas!

É como se Deus fosse um Professor de matemática que exigisse que os cálculos das contas fossem escritos na prova e não apenas a resposta certa, entende?

"Sede santos, porque eu sou santo", nos diz o Senhor.

O propósito da Santidade é imitar a Deus!

Existem muitos entre nós (não me excluo dessa lista) que se santificam para: Parecer superiores aos outros, ficar em paz consigo mesmo, fazer uma bela figura perante os pastores, conquistar a confiança de alguém e etc...

Deus nos olha lá de cima e diz:

"Filho, você entendeu tudo errado! A Santidade não é uma lista de obrigações! Eu apenas quero que você se pareça comigo!"

Deus é como um pai que desde pequeno ensina o filho a torcer para o mesmo time que ele.

Deus nos ama tanto que quer que sejamos como Ele!

Ele nos vê em uma encruzilhada e diz: "Venha por aqui, eu já conheço o caminho!"

Portanto, santifique-se para dar orgulho ao seu Pai!

"Separe" o seu namoro de práticas erradas não apenas por saber que é o certo, mas para que Jesus seja convidado a namorar com você!

Resumindo em duas frases, tudo o que eu quis dizer:

"Não abandone o pecado por medo de errar, mas abandone-o por amar acertar!"

"A Santidade não é uma lista de regras a se seguir, mas é um caminho a se trilhar!"


Arthur e Helen Indicam

  • A chave para obter mais santidade é aproximar-se de Deus. Busque-O cada vez mais em oração, louvor e leitura bíblica
  • Analise os pecados do seu namoro e peça a Deus força para abandoná-los por amor ao Senhor

25 de abril de 2011

Sementes ou Pétalas?

"E se emprestardes àqueles de quem esperais tornar a receber, que recompensa tereis? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para tornarem a receber outro tanto."
Lucas 6:34

Se Jesus nos obrigasse a prestar um vestibular de "Lógica Celestial", tiraríamos nota 0.

Me achou muito pessimista?

Pois então, leia uma das questões da prova e tente acertar:

1) Você empresta R$500,00 a Joãozinho e ele não te paga. Quem é o pecador da situação?

Você e eu enchemos o peito de ar e respondemos: "O caloteiro do Joãozinho!"

O Professor, porém, nos olha com ternura (quase pena da nossa incapacidade) e responde:

"Não. Joãozinho errou, mas você é o pecador, pois quando emprestou o dinheiro, já esperava recebê-lo de volta!"

Está vendo como o Vestibular seria difícil? As respostas não têm lógica! Pelo menos não a nossa lógica.

No caso dos empréstimos, por exemplo, achamos mais do que natural receber de volta o que emprestamos.

Se emprestamos dinheiro, esperamos recebê-lo de volta.
Se fizemos um favor, esperamos gratidão.
Se demos amor, esperamos retribuição.

Afinal, essa é a lógica, não? Dar e Receber?

O Professor Jesus dá nota zero a essa teoria. Ele acha "dar e receber" fácil demais.

"Até os pecadores fazem isso", Ele diz. "Isso não me impressiona!"

Refleti um pouco sobre isso e cheguei à uma conclusão:

"Pensamos que nossas ofertas são sementes, mas Deus deseja que elas sejam pétalas."



Difícil de entender? Pois bem, O Blogueiro explica:

Você provavelmente já ouviu um Pastor pedir uma contribuição de dinheiro na TV e dizer: "Plante esta semente e você colherá 100 vezes mais em nome de Jesus!"

Quando se planta uma semente, espera-se uma árvore.

Mas, espere, não é justamente contra isso que Jesus pregou?

Se ofertarmos dinheiro, esperando receber bênçãos... Não estaríamos "emprestando a Joãozinho, esperando que ele nos pague"?

Suas ofertas de dinheiro à Igreja, de amor às pessoas, de caridade aos necessitados e etc, não podem ser sementes! Você não deve aguardar pelas árvores, pois até os pecadores fazem isso!

Você deve ofertar pétalas.

Pétalas são o melhor da flor. Pétalas são arrancadas, sem a "cobrança" de que nasça uma outra no lugar. Pétalas são cheirosas, agradáveis, macias...

Sementes são produtivas, Pétalas são agradáveis.

E assim devem ser suas ofertas! Agradáveis ao invés de Produtivas.

Oferte o dobro do seu dízimo habitual à Igreja e aguarde por... Um sorriso de Deus.

Oferte amor às pessoas mais invejosas do seu trabalho e aguarde por... Nada delas, mas um cafuné de Deus.

Oferte tempo e ouvidos aos mais velhos da sua família e aguarde por... a satisfação de ter feito alguém feliz.

Oferte pétalas da linda flor que é o seu coração, ao invés de sementes da árvore dura que é a sua mente!

Deus quer lindas flores, mas não se preocupa com grandes árvores.

Oferte a si mesmo por amor ao Senhor. Talvez você não receba nada em troca, mas garanto que Papai vai te dar um 10 no Vestibular!


Arthur e Helen Indicam
  • Avalie se você tem ofertado a Deus sementes ou pétalas.
  • Pense nas pessoas que não retribuem suas sementes e cure esse relacionamento ofertando a elas pétalas.
  • Lembre-se: "Fazer a coisa certa com a motivação errada é pior do que fazer uma coisa errada".

Deus na Lâmpada

"Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao SENHOR, dizendo: Não está o SENHOR no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá."
Miquéias 3:11

Deputados corruptos, envolvidos em lavagem de dinheiro.

Pastores aproveitadores, "vendendo" bênçãos.

Igrejas focadas na beleza de seus templos ao invés da salvação de suas almas.

Acabo de descrever o ano de 2011.

Não, esperem, houve um erro de cálculo. Acabo de descrever o ano de 650 a. C.

Era assim que Deus enxergava a sociedade presenciada pelo Profeta Miquéias.

Chefes, Sacerdotes e Profetas utilizando-se do nome de Deus para ganharem dinheiro.

Não era isso, porém, que revoltava o Senhor. Esses caras-de-pau se encostavam ao Senhor e diziam com confiança:

"Nenhum mal nos sobrevirá, Deus está conosco!"

Não queriam ter Deus no coração, mas queriam ser abençoados pela sua proteção.

Não queriam ser submissos, mas tinham certeza de que eram guardados.

"Ora, somos profetas! Deus está conosco!", diziam.

Este discurso não te lembra alguma coisa?

"Sou cristão, Deus luta por mim!", você diz.

Mas... e quanto ao seu coração?



Você gosta do Deus Abençoador, mas o Disciplinador te desagrada?

Você gosta de crer em prosperidade, mas despreza a santidade?

Ah, os perigos de se confundir Deus com um gênio-da-lâmpada!

O gênio apenas realiza desejos, sem necessitar de um relacionamento. Deus vai pela estrada inversa.

Deus precisa construir conosco um relacionamento para então realizar nossos desejos!

Por favor, não se "encoste" no Senhor! Não use o nome d'Ele como um amuleto ou pé-de-coelho para trazer "sorte", enquanto você vive a vida da maneira que quer.

Deus olhava para a Israel dos tempos de Miquéias e via centenas de religiosos, mas nenhum servo.

Ir à igreja e ler a Bíblia não garantem seu relacionamento com o Pai. É preciso um "algo a mais".

Esse "algo a mais" é a sua vontade de transformar a teoria em prática e as palavras em ação.

Faça isso! Doe-se ao Senhor, antes de pedir que Ele doe algo a você!

Deus não é portátil e nem pode ser guardado no seu bolso. Ele tampouco mora numa lâmpada e não existe para satisfazer seus desejos.

Descubra o verdadeiro Pai!


Arthur e Helen Indicam
  • Auto-avalie seu relacionamento com Deus.
  • Experimente hoje não pensar nas bênçãos que você deseja, mas nas correções de que você precisa!

Cantinho com Deus

" Descrevi o ressentimento como uma prisão, e mostrei que quando pomos alguém em nosso cárcere de ódio, ficamos presos, guardando a porta". 




                                                                            
Max Lucado

Os 5 Amigos do Namoro - Parte 3

Amigo n°3 - O Entusiasmo

"Alegrai-vos, sempre, no Senhor; Outra vez digo: Alegrai-vos."
Filipenses 4:4

O coração acelerado.

As pernas bambas.

Um minuto longe dele(a) já é muito.

Esses são os sintomas do surgimento de um amor.

Lembro-me até hoje do início do meu namoro com Helen. Da primeira vez em que desci do ônibus e a avistei na rodoviária, da nossa primeira tarde juntos como namorados, do nosso primeiro beijo...

Nossa, o Blogueiro estava nervoso!

Na despedida, quando voltei para a minha cidade, passávamos horas no MSN, a saudade aumentando a cada segundo!

Hoje, quase dois anos depois, eu sempre oro: "Senhor, que eu continue assim! Que eu me apaixone por ela a cada dia! Que eu a beije como se fosse a primeira vez, que eu a veja com olhos apaixonados, que estar com ela seja sempre uma aventura".

Deus tem ouvido minha oração! Hoje, a amo mil vezes mais e ainda sou derretido pela minha loirinha.


 
Mas... E você?

Há quanto tempo os "sintomas do amor" não se manifestam no seu namoro ou casamento?

Desde quando você deixou de sorrir ao avistá-lo?
Desde quando você deixou de reparar no corte de cabelo novo dela?
Desde quando você até prefere outros programas do que estar com ele(a)?

Seu namoro pode estar sendo vítima do fim do entusiasmo.

O mundo costuma tratar disso dizendo que um relacionamento "caiu na rotina", mas não gosto deste termo, porque é possível ter uma "rotina entusiasmada".

É possível fazer sempre as mesmas coisas juntos e ainda assim estarmos saltando de alegria. Creio 100% nisso.

O fim do entusiasmo não é culpa da rotina, mas sim do seu olhar.

Em algum momento, ela deixou de ser a "Donzela dos Sonhos" e ele deixou de ser seu "Príncipe Encantado".

Você reparou naquele defeito, se magoou com aquela falha, vive se lembrando daquele dia e então a magia acabou. O entusiasmo foi para o banco de reservas.

Quero te fazer um convite hoje: Volte a enxergar sua Metade como você a enxergava no início do namoro! Peça a Deus que leve embora as más lembranças e que o entusiasmo volte!

Cure seu relacionamento através da alegria que vem do Senhor!

Ele(a) nunca será perfeito, mas tenha uma certeza: seu Pai celestial os criou um para o outro!


Arthur e Helen Indicam
  • Sonde seu coração e veja o que te fez perder o entusiasmo. Entregue essa questão a Deus.
  • Na próxima vez que vir sua Metade, lembre-se do primeiro beijo de vocês e se reapaixone por ele(a).
  • Treine seu olhar. Concentre-se nas coisas boas, entregando as ruins ao Senhor.

24 de abril de 2011

Cantinho com Deus



"Da sepultura saiu,
Com triunfo e glória ressurgiu
Ressurgiu, vencendo a morte e seu poder!
Pode agora a todos vida conceder,
Ressurgiu, ressurgiu, Aleluia ressurgiu
 "
  







                                                             Hino CC  99 

Curtindo a Festa

"Porém Davi disse: Morreria alguém hoje em Israel? Pois porventura não sei que hoje fui feito rei sobre Israel?
E disse o rei a Simei: Não morrerás. E o rei lho jurou."
2Samuel 19:22,23

O momento é glorioso.

O lendário Rei Davi estava de volta ao trono.

Seu filho rebelde, Absalão, que o expulsara de Israel, estava morto e Davi ressurgia das cinzas.

Milhares de pessoas foram cumprimentá-lo no caminho de volta. Os mesmos que aplaudiram sua derrota, agora vinham abraçá-lo, temerosos de sua vingança.

Um homem desse grupo, porém, merece destaque. Seu nome é Simei.

No dia em que Davi foi embora, humilhado pelo próprio filho, Simei passou dos limites.

Acompanhou Davi pela estrada, lançando maldições e xingamentos.

"Bem-feito, Davi! Esse é o castigo de Deus para você!", ele dizia.

E ele não se limitou a falar, mas jogou pedras e lama no Rei. Simei foi à forra, a ponto de um soldado perguntar a Davi:

"Senhor, ele está passando dos limites! Posso ir lá e cortar sua cabeça?"

Davi, humilhado, apedrejado e sujo de lama, responde:

"Deixe ele! Isso tudo é permissão de Deus, foi Ele quem mandou esse homem fazer isso! Um dia, essas maldições se converterão em bênção!"



Simei hoje tem razões para estar preocupado. A mesa virou e sua vida está nas mãos de Davi. Quando ele se aproxima para pedir perdão, o soldado que testemunhara o "Dia da Caça" diz novamente:

"Rei, hoje é o nosso dia! Vamos cortar a cabeça dele! Ele deve pagar!"

Eu quase posso ver o sorriso de Davi ao responder:

"Morreria hoje alguém em Israel? Eu hoje fui feito rei, o dia é de festa! Simei, vá em Paz! Juro que não te matarei!"

Simei fica paralisado por um instante e vai embora correndo, com medo que Davi mude de ideia.

Enquanto isso, nós nos perguntamos, igualmente espantados: "Por que Davi não lhe deu uma lição? Não matá-lo tudo bem, mas será que ele não merecia no mínimo um castigo?"

Convidei Davi para tomar um Toddy Quente comigo e o questionei sobre isso.

"Por quê, Davi?"

Ele sorriu com simplicidade e me respondeu:

"Porque a festa era muito maior do que a vingança, Arthur! Por que a Bênção de Hoje era mil vezes maior do que a maldição de ontem! Não quis estragar o clima olhando para trás!"

Aposto que alguns babaram ao ler essas palavras. Quantas "festas" você tem perdido por olhar para trás?

Deus tem te abençoado hoje, mas você insiste em olhar para as maldições de ontem.

Deus te deu um Trono, mas você prefere segurar a foto do seu Simei.

Por favor, pare com isso. Não perca a sua festa!

"Morreria hoje alguém em Israel?", perguntou Davi. "Num dia de tanta vida, haveria morte?"

Eu lanço a você essa mesma pergunta.

"Em sua nova vida, cabem coisas velhas? Em seu novo relacionamento com Deus, haverá velhos relacionamentos com as pessoas?"

Libere os seus "Simeis"! Deixe-os irem embora e vá curtir as suas bênçãos!

Você vai estragar a festa se não o libertar.

Davi preferiu vislumbrar as bênçãos do agora e libertar as maldições do passado.

Ponha um sorriso no rosto, espante Simei com seu perdão e vá!

Vá até o Trono que Deus preparou para você...


Arthur e Helen Indicam
  • Reflita sobre quem são seus Simeis. Perdoe aqueles dos quais você ainda guardava mágoas.
  • Pense nas "festas" (bênçãos) que você tem perdido por olhar para trás.
  • Olhe mais para Deus e menos para as pessoas

23 de abril de 2011

Os 5 Amigos do Namoro - Parte 2

Amigo 2 - A Paciência


"...e sejais pacientes para com todos."
1Tessalonicenses 5:14

Helen poderia me dar 1000 paneladas na cabeça.

Ela poderia gritar comigo, me dar um sermão ou simplesmente ir embora.

No entanto, a paciência da minha Princesa me encanta.

Como testemunhei no Post O Ciclo (Clique em cima para ler), estou lutando contra a Síndrome do Pânico e gosto de dizer que Deus tem sido meu escudo e feito de Helen meu capacete.

Ter problemas emocionais que independem da minha vontade não é algo fácil.

Satanás sussurra em meu ouvido: "Você é um fracassado", mas o "Capacete Helen" não permite que as palavras ecoem e diz: "Você é Mais que Vencedor em Cristo!".

Ah, o Capacete Helen! Ele me socorre, ora por mim, me apóia, me inspira, me ajuda...

Ela poderia se assustar com minhas crises, me cobrar uma melhora ou procurar um namorado com menos problemas.

No entanto, cheia de paciência, ela continua aqui.



Não poderia deixar de iniciar o Post com esse testemunho. Não é fácil me expôr contando isso, mas sei que Deus precisa falar a corações impacientes e frios.

Helen compreende minhas súbitas mudanças de humor. E quando minhas mãos suam frio, ela está aqui, sussurrando: "Fique em Paz, Bebê, Deus é com você!"

Helen poderia ser uma espada, que me ferisse com cobranças, incompreensão e abandono. No entanto, ela preferiu ser um capacete que me protege.

O que você tem sido para a sua Metade? Espada ou Capacete?

Ampliando um pouco mais a pergunta, o que você tem sido para todos os que te cercam?

Você aponta defeitos alheios ou ora para que eles melhorem?

Você abandona pessoas problemáticas ou lhes dá a mão para que caminhem?

Você abre a boca e "engole sapos" por Cristo ou não aceita levar desaforos para casa?

Talvez seu namoro esteja em crise porque duas "espadas" discutem e não há "capacetes" para nenhum dos dois.

Experimente ouvir, ao invés de falar.

Experimente colocar-se à disposição.

Experimente proteger, e não ferir.

Cada pessoa já tem um Acusador Profissional chamado Satanás. Não tente roubar o emprego dele com seus julgamentos!

Seja paciente com os defeitos que parecem não mudar, as doenças que parecem não melhorar e as atitudes que parecem não acontecer.

Seja paciente por amor!

Espadas acabam sendo partidas em alguma luta. Capacetes resistem a tudo.

A escolha é sua.


Arthur e Helen Indicam
  • Pense em quais conflitos do seu namoro têm acontecido por falta de paciência de uma das partes ou dos dois.
  • Reúna-se com seu namorado para orarem juntos, pedindo a Deus paciência um com o outro.
  • Se você tem sido "espada", peça perdão e comece a ser "capacete". Seu namoro é precioso demais para terminar por conta de impaciência!